POESIAS EM FOCO

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

SINO DA MINHA SINA





O sino da minha infância acena do alto
A tocar, e ao dobre da Ave-Maria meu
Peito faz soluçar, ao lembrar os tempos
Idos que não mais hão de voltar .

Bailando nos meus ouvidos vive o sino
A sussurrar com o seu cântico lírico
Despertando o meu lugar, fazendo-me
De Saudades, do meu recanto lembrar.

E assim sigo minha sina, sempre o sino
A escutar, nele vejo a minha infância.
No meu peito a clamar, por um matreiro
Menino que se foi pra não voltar.


***

PS. Hoje Naveguei nos mares das saudades, e me veio recordações da minha infância querida lá na minha terra natal; Senador Pompeu-Ce, Lembrei-me de quando menino, todos os domingos,eu mamãe e papai tínhamos por devoção irmos a missa matinal, celebrada na época pelo então Padre Joacir. Cinco e meia da manhã, hora certinha;'Prego Batido Ponta Virada,' O sino da freguesia anunciava início da alvorada, e lá íamos nós pelas as ruas de chão batido e ainda meio fusca e marmacenta pelo o estio das secas que assolavam os sertões Nordestinos, para a missa. Sendo chuva ou sol lá estávamos esperando o íncio da missa depois de uma longa caminhada a pé, o que fazia minha camisinha de tecido TERGAL ficar ensopada de suar. Hoje só me restam saudades daqueles tempo idos, e o vislumbre da torre que ainda continua estatática,sempre a mesma de sempre; envelhecida pelo o tempo, e o velho sino a tocar em sonhos martirizais sempre no mesmo horário dos meus tempo de criança, trazendo-me recordações avassaladoras do meus primeiros madrigais.

8 comentários:

  1. Olá menino
    Obrigado pela visita ao meu blog. Quando puder volte, vou gostar muito.
    Te sigo
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Xi! querido amigo, isso me faz relembrar também de uma época distante com saudades.
    Seu poema produziu efeitos.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. O que eu mais quero é deixar minha infância de lado. Que o meu sino nunca toque.

    ResponderExcluir
  4. A infância nunca vai embora de nós.
    Está lindo o seu poema... Lindo.

    ResponderExcluir
  5. CONVITE VIP
    Olá, Vantuil
    Cada um tem a sua "sina". Linda sua poesia!!!
    Passa amanhã em meu Blog... dia 01/10... a partir das 10h... e não teremos hora para acabar a festividade...
    Oferecei um coquetel de 7 botões de rosa orvalhada...
    Não falte, vai me fazer MUITO feliz e desejo fazer-lhe também.
    Abraços fraternais

    http://espiritual-idade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. i like ur blog and follow hope u like my blog and follow

    http://marshata.blogspot.com/
    http://marshata.blogspot.com/
    http://marshata.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossa...lindo...Fez-me lembrar de Casimiro de Abreu.
    Parabéns pelas palavras

    ResponderExcluir
  8. Gonçalves,

    Lendo tão suave poesia vejo que o menino anda a rondar por aí.

    Bj

    ResponderExcluir