POESIAS EM FOCO

quarta-feira, 6 de abril de 2011

___CAMINHOS___



***

Não existe poeta sem saudades,
Não existe dores sem lamentos,
Não existe um canto dedilhada
Sem que haja um fino instrumento.

Não existe glória sem esforços;
Nem tampouco doce sem amargor,
Não existe homem que não chore
Pela perca de um grande amor.

Não existe vida bem traçada
Quando não se tem uma paixão,
Não existe acorde harmonizado
Sem o afino de um bom violão.

Não existe graça alcançada
Sem a prece pedida com fervor,
Não existe vitória perdurante
Quando se traz peito o desamor.

Não existe poesia bem criada
Sem se ter um bom ensinamento,
Não existe aceno sem saudade;
Não existe eterno encantamento.

Não existe outono sem verão;
Primavera sem o florescer,
Não existe lágrimas diluídas
Sem que exista causa, ao preceder.

Não existe ternura sem bom senso,
Nem alarde sem exibição,
Não existe vontade definida
Quando se traz no peito uma ilusão.


***

9 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Belos versos, amigo Vantuilo. Sabe, as vezes penso que escrevo exatamente como você. Sempre vejo na poesia uma mensagem além das próprias palavras ali inscritas. Vejo que nenhum poema é por acaso, vejo que tudo, da mais infame a mais bela das atitudes tem na verdade sua razão. Abraço fraterno, seu irmão. MA.

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua poesia.
    Rimas simples como todas as coisas realmente belas.
    Parabéns pela inspiração.
    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  4. Amei suas palavras, seu jeito de escrever.
    Te seguindo.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns querido amigo, amei seu poetar, beijos com carinho...

    ResponderExcluir
  6. Pôxa vida!!! Que linda sua poesia!!! Parabéns! Não sou ''fiel'' (corinthiana jamais rsrsrs) mas vou te seguir ta!! bj

    ResponderExcluir
  7. Amei seu blog e sua poesia. Lindaaa. Parabéns!!! Quando puder visite-me também! Estou te seguindo. Abç

    ResponderExcluir