POESIAS EM FOCO

quarta-feira, 13 de julho de 2011

TRIBUTOS A UM TEMPO





***
Se finda ao longe um horizonte rude,
A aura vagueia nos meus tímpanos
Em assobios valsantes,
Trazendo-me à tona a melodia do tempo.
...
Se finda ao longe um horizonte em ritos
Fazendo despertar em minh'alma tempos idos;
Tempo de auroras sombrias;
Sombrios tempos de menino.
...
Se finda ao longe uma nesga fria,
Como frios foram meus dias;
Dias de cabo a fio...
...
Se finda ao longe um horizonte calejado;
Como calejados dormiam minhas
Mãos ao toque estridente do enxadão.

***

Ps. Hoje fiz uma viagem no tempo e minha mente de Homem rude transportou-me para tempos idos. Minha viagem foi árdua e nela vi um meninos que com apenas nove anos de idade, já lhe incumbiam de responsabilidades que só os adultos tinham. Vi na minha viagem ao tempo, um caboclinho de pele curtida pelo o sol causticante do Ceará, trabalhar como Homem feito, no rabo de uma enxada. Esse menino sou EU.

7 comentários:

  1. E esse menino se tornou um homem de valor...homem de grande sensibilidade(peculiaridade apenas dos Poetas!).
    Vantuilo, é bom viajar na nossa história de vida!Seus versos ficaram belos...
    Abraços...com carinho...Mila.

    ResponderExcluir
  2. Comovente!

    Sabe, tenho um livro com fotografias e poemas

    "Algarve Ontem", onde são retratadas cenas idênticas às que me mostrou, com 50 anos ou mais.

    Gostei do que nos trouxe aqui.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Antigamente, lá no tempo do trasanteontem, as crianças ajudavam os pais. Se não estudavam, também não se perdiam e essa é a triste realidade de hoje. Torço para que elas estudem,e vivam como deveriam viver. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  4. Realmente comovente!
    Talvez este "desafio" de trabalhar para ajudar em casa, desde cedo, seja justamente a motivação de buscar cada vez mais novos horizontes e novas formas de enxergar o mundo.
    Fico feliz por presenciar um pouco do que passou e entender como foi difícil chegar até aqui... mas a recompensa compensou, não é mesmo?

    Um forte abraço,
    Lucas Neves.

    ResponderExcluir
  5. Agradeço de coração o comentário que deixou no meu blog Rosa Poesia em Flor! Agradeço igualmente vc ter-se tornado seguidor desse pedaçinho de mim! Será sempre muito bem vindo nesse espaço cada vez que lá queira voltar. Saiba que tbm amei este seu cantinho e tbm vou seguir e vou espreitar muitas vezes, tantas quantas me for possível o seu blog. Bjinho carinhoso para vc.

    ResponderExcluir
  6. Já agora e como esqueci de fazê-lo no comentário anterior deixo aqui para vc um convite, para fazer uma viagem num outro blog que eu tenho: http://pequenospedacinhosdemim.blogspot.com espero que goste de viajar neste outro pedaçinho meu rssss! Tudo de bom para vc!!!

    ResponderExcluir
  7. Me emocionei e viajei no tempo.

    ResponderExcluir